Rotary International

O Rotary International é uma das maiores organizações sem fins lucrativos presente no mundo todo, criada em 1905 pelo americano Paul Harris. Com mais de 1,2 milhão de membros, a instituição está presente em 220 países e regiões com cerca de 34.000 clubes.  No Brasil, são mais de 56 mil rotarianos desenvolvendo projetos humanitários dos mais variados temas.

O Rotary é formado por líderes voluntários dedicados a tratar alguns dos desafios mais urgentes do mundo. Todos trabalham local e internacionalmente em prol da melhoria da condição de vida humana.

Os enfoques de atuação da instituição são: paz e resolução de conflitos, prevenção e tratamento de doenças, recursos hídricos e saneamento, saúde materno-infantil, educação básica e alfabetização, e desenvolvimento econômico e comunitário. Dentre esses enfoques de trabalhos, inúmeros projetos são desenvolvidos de acordo com as necessidades de cada região e comunidade.

Na fundação das Organização das Nações Unidas, em dezembro de 1948, mais de 40% das pessoas envolvidas eram rotarianos. A ONU, como é conhecida, é uma entidade internacional de caráter político, uma Assembleia Internacional de países, e só tem três membros que não são países, mas que, pela sua importância, têm assento permanente nessa Assembleia: a CRUZ VERMELHA, o VATICANO e o ROTARY.

Em 1988, junto com a Organização Mundial da Saúde, Unicef e Centro Norte-Americano de Controle e Prevenção de Doenças, houve o lançamento da Iniciativa Global de Erradicação da Polio, a doença conhecida como paralisia infantil. O Rotary criou o Programa End Polio Now, que hoje é recordista em participações e adesão para erradicar a doença, presente hoje apenas em três países. Para saber mais visite rotary.org/pt e endpolio.org.

Como se estrutura o Rotary?

O Rotary, como organismo a nível mundial, é formado por distritos, e os distritos são formados por clubes. Cada clube é uma célula do organismo mundial, sendo autônomo por si, mas respeitando a hierarquia e as normas básicas emanadas da direção geral, que é comandada por um Presidente Mundial.

Cada distrito é administrado por um Governador, e cada clube é dirigido por um Conselho Diretor, comandado por um Presidente. Todos estes cargos são alterados anualmente, o que garante ampla democracia e permanente renovação. O período de gestão é o ano rotário, que começa sempre em 1º de julho e vai até 30 de junho do ano seguinte. Todos os cargos são honoríficos, portanto, não remunerados.

O Rotary é formado por pessoas de ambos os sexos, que são profissionais de todas as atividades dignas, de vida particular respeitável, que são líderes em suas atividades e se destacaram de alguma forma, tendo por isso mesmo sido lembrados por sócios de um clube da região, que os convidam para também ingressar em Rotary, por reconhecer neles, as qualidades e os méritos para fazer parte deste grupo de trabalho em favor do próximo, dos menos favorecidos.

A Prova Quádrupla

Em 1932, o rotariano Herbert Taylor criou a Prova Quádrupla, algumas perguntas que deveriam nortear qualquer ação de rotarianos desde a elaboração de projetos ao seu dia a dia corriqueiro. Essas perguntas, traduzida em mais de 100 idiomas, devem servir de guia para os rotarianos em tudo que pensam, dizem ou fazem.

É a VERDADE?
É JUSTO para todos os interessados?
Criará BOA VONTADE e MELHORES AMIZADES?
Será BENÉFICO para todos os interessados?

Emblema Rotário

rotary_logo_detail

O emblema oficial de Rotary é o Distintivo Rotário. Uma roda tem sido o símbolo do Rotary desde o seu começo. O primeiro desenho da roda foi feito por Montague Bear, rotariano de Chicago e engravador que projetou uma simples roda de trem, com alguns traços ao seu redor para dar a perspectiva de movimento.

A roda foi projetada para transmitir a ideia de “Civilização e Movimento”. A maioria dos primeiros clubes continham, de alguma forma, em suas publicações e papel timbrado, o desenho da roda de engrenagem.

Finalmente, em 1922, foi deliberado que todos os Rotary Clubs deveriam adotar o símbolo, que passaria a ser de uso exclusivo dos rotarianos. Assim, em 1923, a atual roda de engrenagem, com 24 dentes e seis raios, foi adotada como símbolo pela então “Associação do Rotary International”. Um grupo de engenheiros opinou que uma roda de engrenagem era mecanicamente impossível e que, portanto, seria necessário que a mesma contivesse, em seu centro, um rasgo de chaveta.

Conseqüentemente, em 1923, o rasgo de chaveta foi anexado, e o símbolo, como é hoje conhecido, foi adotado como o emblema oficial do Rotary International.

Em 2015, o Rotary International fez uma grande pesquisa de marca e verificou que existiam muitas marcas do Rotary diferentes de cada um de seus programas e decidiu por simplificar o emblema, mantendo apenas a cor dourada com fundo vazado (sem mais a cor azul no centro do emblema) e escrever a palavra ROTARY ao lado para fortalecer. E todas as logos de programas e clubes foram orientadas para seguir esse mesmo padrão, o que visa unificar e fortalecer a marca da instituição.

Significado do Emblema

Os 24 dentes da nossa roda rotária representam às 24 horas do dia onde cada rotariano deve viver o Rotary em ação e pensamento. Os 6 raios representam as qualidades essenciais do rotariano em relação à:

FAMÍLIA: Ser bom chefe de família
AÇÃO: Cumprir os deveres de cidadão
AMIZADE: Cultivar a capacidade de fazer e manter amigos
PROFISSÃO: Ter ética profissional, agindo sempre de acordo com os princípios rotários
RELIGIÃO: Respeitar normas e princípios religiosos
INSTITUIÇÃO: Manter a integração no movimento rotário, cooperando sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *